Jovens católicos algarvios voltaram a protagonizar a festa da música para celebrar a fé

Comentários fechados em Jovens católicos algarvios voltaram a protagonizar a festa da música para celebrar a fé 60

Os jovens católicos do Algarve protagonizaram, uma vez mais, a festa da música para celebrar a fé com a sua adesão ao X Festival Diocesano Jovem da Canção Religiosa que ontem à tarde teve lugar no Auditório Municipal de Portimão em animado clima de confraternização.

A iniciativa, promovida pelo Secretariado da Pastoral Juvenil da Diocese do Algarve sob o tema “Não te conformes, transforma-te. Bem-Aventurados – protagonistas da mudança”, contou com a participação de cinco músicas concorrentes de seis paróquias algarvias.

“Que aquilo que os nossos jovens vão interpretar nos ajude a passar uma tarde diferente, mas que eles possam levar os nossos corações da terra ao céu para nos encontrarmos, também através da arte, da música e da poesia, com o nosso Deus que é este Senhor de beleza e de amor”, desejava o padre António de Freitas, logo após a abertura do festival que evocou os 10 anos daquele evento com uma projeção e um medley dos temas distinguidos com o primeiro lugar.

“Esperamos poder escolher uma música que possa ser vencedora em Fátima”, almejou ainda o assistente do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil – que foi também o presidente do júri composto ainda pelas irmãs Aurora Araújo e Leonor Bernardino e pelos músicos Jorge Semião e Rodrigo Lopes – pelo facto de a canção ontem apurada representar a Diocese do Algarve no festival nacional em Fátima, a realizar-se no dia 6 de dezembro deste ano.

A tarde teve continuidade com o desfile das canções concorrentes pelo palco, sendo que a primeira, intitulada “És tu”, foi apresentada pela paróquia de Quelfes. Seguiram-se as paróquias de Silves com o tema “Bem-aventurados”, da Sé de Faro com “Confia, a mudança está em ti!”, da matriz de Portimão com “Faz a diferença!” e de Paderne e Ferreiras com “Teu poema me transformou”.

O festival foi ainda abrilhantado com a apresentação de um sketch pelos humoristas Miguel Domingos e Diogo Simão.

A terminar, o bispo do Algarve, congratulou-se com aquele “momento tão significativo” para a diocese algarvia e para os seus jovens. “Isto é sinal que a nossa diocese está viva, recomenda-se e tem, verdadeiramente, dentro de si muito para dar, seja a nível musical, seja a nível dos poemas com mensagens muito bonitas”, afirmou. “A nossa tradição diocesana musical tem sido reconhecida a nível nacional. Estou certo que a canção escolhida hoje será uma digna representante de toda a Diocese do Algarve”, destacou, referindo-se ao primeiro e ao segundolugares alcançados, respetivamente, na última e na penúltima edições do Festival Nacional Jovem da Canção Mensagem em Fátima.

D. Manuel Quintas pediu ainda aos jovens que não usem apenas o “microfone para falar com Cristo” mas também os “auscultadores” para o escutar. “Como dissestes em praticamente todas as canções, só com Ele e n’Ele é que conseguimos transformar-nos para podermos transformar o mundo e os outros”, sustentou.

Uma vez que muitos dos jovens participantes eram catequistas, o prelado deixou ainda o desafio de que se organize um festival diocesano infantil para as crianças da catequese.

O festival terminou com a entrega dos prémios de ‘Melhor Mensagem’ à canção da paróquia de Silves, com letra e música do pároco, padre Carlos de Aquino, que foi também distinguida com o de ‘Primeiro Lugar’; de ‘Segundo Lugar’ à canção da paróquia de Quelfes, com letra de Brígida Tomé e música da mesma autora e de Gisela Silva; e de ‘Terceiro Lugar’ à canção das paróquias de Paderne e Ferreiras, com letra de Cláudia Carrilho e música de David Encarnação.